Entrevista: Luiz Penna Franca, diretor de Meio Ambiente

Convidamos o diretor de Meio Ambiente da Roteiros de Charme, Luiz Penna Franca, para um bate papo sobre o meio ambiente em tempos de epidemia e como, na visão do turismo, isso impacta na sustentabilidade. Boa leitura!

Luiz Penna Franca
Luiz Penna Franca – Diretor de Meio Ambiente da Associação Roteiros de Charme

Em 05 de junho foi comemorado o Dia do Meio Ambiente. Como a data se relaciona à pandemia do Covid-19?

O Dia Mundial do Meio Ambiente este ano foi dedicado pela Organização das Nações Unidas-ONU à Biodiversidade, lembrando-nos da necessidade premente de sua preservação para o resgate do equilíbrio perdido dos ecossistemas naturais e dos processos de regulação do clima em nosso planeta. O recado da ONU Meio Ambiente é direto “… esse é um momento singular em que a natureza está nos mandando uma mensagem. Ela está nos mostrando que a vida como a conhecemos está à beira de um colapso”.

Em que a pandemia modifica a visão de sustentabilidade da atividade hoteleira?

A pandemia que nos aflige neste início de década eleva em muitos graus o sentido de urgência por ações capazes de frear efetivamente o agravamento das crises da biodiversidade, climática e agora sanitária, todas interconectadas. O ideal do Turismo sustentável, que norteia a Roteiros de Charme desde sua fundação, neste momento de crise sanitária, longe de ser ofuscado, impõe-se, mais do que nunca, acertado.

A sustentabilidade ganha uma nova dimensão prioritária. A dimensão sanitária! Esta aparece com urgência máxima neste momento demandando ações emergenciais. Em seu desdobramento, a sustentabilidade sanitária irá requerer ações mais eficazes na contenção da mudança climática e destruição da biodiversidade. Pesquisadores vem investigando, por exemplo, como os desequilíbrios dos sistemas naturais tem provocado o aparecimento de novas doenças a partir da maior interação de animais silvestres com rebanhos de animais domesticados e o próprio homem.

Que mudanças de comportamento são necessárias num cenário pós-pandemia, em sua opinião?

As medidas de proteção e segurança em vigor para garantia de nossa saúde provavelmente serão necessárias durante um tempo ainda não determinado em todos os ambientes de convivência social. Quando puderem ser aliviadas, esperamos caminhar para um novo tempo no tocante à nossa compreensão e capacidade de ação diante de fenômenos que demandam mudança de paradigmas em nossos hábitos de consumo como um todo.

Enxergamos, portanto, a retomada das atividades no pós-pandemia como um novo desafio que deverá nos incentivar a propagar com maior afinco a visão da sustentabilidade no turismo, contribuindo para a conscientização de todos aqueles que dependem dos destinos turísticos onde estão localizados os hotéis associados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *